10 erros de estilo comuns

Por 14 / 01 / 2013

É claro que todas queremos ficar bonitas – e sempre nos esforçamos ao máximo para isso. Mas existem alguns errinhos que, eventualmente, todas acabamos cometendo – e que podem acabar com qualquer visual, ou mesmo com todo o estilo da pessoa.

10 erros de estilo comuns

Todas estamos propensas a cometer esse tipo de erro, mas – agora vem a boa notícia – todos eles são fáceis de identificar e ainda mais fáceis de corrigir! Duvida? Veja abaixo a lista dos 10 erros de estilo mais comuns, e as formas super simples de corrigi-los.

1. Roupas do tamanho errado (apertadas ou largas)

erros de estilo

Roupas apertadas são horríveis para o estilo.

Às vezes, a paranoia por entrar no tamanho que julgamos “ideal” – aquele típico “Tenho que caber nessa calça 38!” – nos faz comprar roupas de tamanhos completamente inadequados. O problema é que, geralmente, isso gera o efeito inverso do que gostaríamos: a calça ou blusa apertada faz pular dobrinhas, que dão a impressão de estar acima do peso!

Usar roupas muito largas também é bem prejudicial. Elas nos deixam sem cintura, e não ressaltam nossos pontos fortes.

Por isso, da próxima vez que precisar comprar roupa, ignore a numeração e leve as peças que caem bem em você e a deixe confortável.

2. Peças lisas… sempre

Peça sem estampa é curinga no guarda-roupa de qualquer mulher. O problema é quando, por medo de errar, só usamos peças lisas.

As estampas são elementos importantes para criar um estilo, e para dar um up em qualquer produção. Alguns dias, podemos até compor um visual que não use estampa alguma – mas, quando o liso vira parte reiterada do nosso estilo… podemos cair no “sem graça”.

Portanto, hora de criar coragem e abusar um pouco mais das peças estampadas!

3. Jeans sobre jeans

Erro bem parecido com o anterior. A ideia de que o jeans seria “neutro” e “combinaria” com tudo leva algumas mulheres a fazer combinações infinitas, abusando do pobre material. Sim, jeans ajuda a compor o visual. Mas não se deve abusar na quantidade de jeans. Tente variar – quando usar uma jaqueta de jeans, não custa nada dar um descanso pra sua calça jeans favorita, não é?

4. Crocs

Crocs para todas as ocasiões? NÃO!

Sim, elas são confortáveis. E práticas. E coloridas. Mas isso não significa que as fofas crocs sejam adequadas para todos os ambientes e situações.

Para você ter uma ideia, no próprio site da empresa fabricante está escrito que elas foram criadas, originalmente, para serem usadas em atividades “externas”, e não como acessório de moda. Então, use a abuse das suas crocs em casa e em momentos mais descontraídos, mas na hora de sair renda-se ao charme de outros calçados.

E se a questão for o conforto, não esqueça que existem diversos calçados confortáveis além das crocs, como sapatilhas e rasteirinhas.

5. Roupas compradas na seção teens


Claro que você quer se sentir jovem. Mas, se já passou dos 17, evite as roupinhas de lojas e seções teen. Elas são um tiro no pé: na maioria das vezes, vão passar uma impressão de que você é mais velha do que você é! Uma forma bem mais inteligente de valorizar sua boa forma é escolher roupas adequadas, que exaltem sua beleza!

A mesma regra vale para peças infantilizadas, como bolsas da Hello Kitty.

6. Não prestar atenção no que veste por baixo

Na maioria das vezes, o visual não é composto apenas pelo que as pessoas vêem – temos que ter cuidado com aquilo que não é visível, ou, pelo menos, não deveria ser visível. Calcinhas enormes que marcam em calças mais justas, ou alças de sutiã aparecendo – sem que essa fosse sua intenção – derrubam qualquer produção. Pense bem na hora de escolher essas peças, para harmoniza-las com o restante do visual!

Dica final: a alça de silicone é transparente, mas não é invisível! Se for o caso, invista em um sutiã sem alças, ou com alças removíveis!

7. Monocromatismo

Looks de apenas uma cor, procure evitar!

Saia azul. Blusa azul. Acessórios azuis. Já se viu presa a essa situação? Mais comum com a cor preta – quando o “pretinho básico” acaba virando um visual gótico esquisito – é recorrente o erro do monocromatismo entre as mulheres. Todas da mesma cor é erro fashion fatal. Fuja!

8. Confundir roupas caras com roupas bonitas

Nem tudo que é caro é bonito, ou vai ficar bem em você. Encontre peças que combinam com seu estilo e seu jeito de ser, independente do preço. Achar que uma combinação de roupas de grife fará de você uma pessoa com mais estilo é um equívoco comum, que literalmente sai bem caro.

9. Moletons e calças de ginástica

Como o próprio nome diz, as calças de ginástica devem ser usadas para fazer ginástica. E os moletons são ótimos… para tomar sorvete na frente da televisão. Mas evite as duas – juntas ou separadas – na hora de sair para a rua.

10. Combinar sapatos com bolsa

Bolsas da mesma cor do sapato? Evite!

Esse é um dos erro que acaba multiplicando-se em vários parecidos, como combinar as unhas com o batom ou coisas assim. Ao criar um visual, é importante que ele tenha uma identidade visual como um conjunto – e isso não significa que seu sapato precise ser da mesma cor que sua bolsa.

Enfim, esses são os 10 erros de estilos mais comuns nas ruas, você já deve ter passado pelo menos por algum deles na rua não é mesmo? Por isso, fique atenta para não errar na hora da criação do look

Seja o primeiro a comentar em 10 erros de estilo comuns
Deixe seu comentário:





Procurando algo?

Assine nossa newsletter

Instagram