Ao iniciar uma atividade física não descuide do seu coração

Por 18 / 08 / 2011

A prática regular de atividades físicas deve fazer parte do dia-a-dia de qualquer pessoa que busca qualidade de vida. Ela previne e, muitas vezes, faz parte do tratamento de doenças como hipertensão, diabetes e obesidade. Porém, para algumas pessoas, mesmo que não apresentem nenhum sintoma aparente, exercícios físicos, como uma simples caminhada no parque, podem funcionar como um gatilho para sérios problemas cardíacos, entre eles a parada cardíaca e a morte súbita.

Atleta de fim de semana: Como iniciar atividade física

atividade física

Os chamados “atletas de fim de semana” são os que correm maior perigo, pois expõem o corpo a um esforço que não estão acostumados ocasionando um estresse elevado do sistema cardiovascular. Uma pesquisa publicada pelo Journal of American Medical Association (JAMA), no entanto, mostrou que atletas de fim de semana aumentam seus riscos de problemas cardíacos em 2,7 vezes.

Por isso, o primeiro passo antes de se aventurar em qualquer modalidade é consultar um cardiologista para a realização de um exame físico. Ele será o profissional responsável por avaliar suas condições cardíacas, fornecer dados como as faixas de freqüência cardíaca de treino, que serão úteis para um melhor aproveitamento dos benefícios da atividade física, assim como para futuramente melhorar o seu desempenho, e ver o quão pronto você está para iniciar a prática de exercícios.

A avaliação cardiológica prévia inclui o eletrocardiograma e o teste ergométrico, este último informa o número de batimentos cardíacos por minuto e a sua condição pulmonar. Estes exames são de extrema importância para procurar possíveis alterações cardíacas durante o esforço.

Mas não adianta fazer todos os exames para começar a atividade e depois nunca mais ir ao médico. A avaliação deve ser refeita periodicamente e para pessoas a partir dos 40 anos o correto é também checar anualmente os níveis de colesterol e glicemia no sangue.

A prática de atividades físicas não funciona como uma vacina contra doenças cardiovasculares, mas a pessoa que se exercita regularmente corre 35% menos risco de apresentar esses problemas em comparação às pessoas sedentárias.

Conheça os limites do seu corpo e aprenda a respeitá-los, siga a orientação de profissionais, seja de cardiologista, médico do esporte ou educador físico, e alcance os benefícios que a atividade física pode proporcionar.

Por Stéphanie Perrone

Helen Rauen

Relações Públicas, bancária e auto-maquiadora nas horas vagas. Perfeccionista, consumista, chef de sua própria cozinha e com uma pitada de artesanato na veia.

Confira todos os artigos de AUTOR
Seja o primeiro a comentar em Ao iniciar uma atividade física não descuide do seu coração
Deixe seu comentário:





Procurando algo?

Assine nossa newsletter

Instagram