Mercado de Trabalho Feminino: Dicas

Por 29 / 08 / 2011

Quem não sonha em ser uma mulher de sucesso no âmbito profissional e no pessoal que atire a primeira pedra! Todas nós almejamos conquistar o mais alto patamar de reconhecimento como mulher, namorada, esposa, mãe, mas também, profissional.

Mercado de Trabalho Feminino

Sim, essa realidade é muito recente na vida das mulheres que buscam, cada vez mais, se encontrar no mercado de trabalho mostrando que são tão ou mais eficientes do que os colegas de trabalho do sexo oposto. Na verdade, estamos falando de uma nova realidade e experiência que nós, divas do século XXI, vivenciamos no quesito “vida profissional”.

Com certeza, muitas de nós crescemos ouvindo histórias da família sobre as dificuldades e barreiras que as mulheres enfrentaram ao agirem de forma diferente daquela esperada pela sociedade do começo e meados do século XX. Quem não se lembra daquela tia distante praticamente excluída da família por ser a única que teve coragem de transpor os obstáculos e optou por trabalhar ao invés de se tornar dona-de-casa e mãe de família? Pois então, naquela época a convenção social ditava que o homem era o provedor da família, edificando a ideia de que as mulheres não precisavam e nem deveriam trabalhar para sustentar a própria família.

Mas mesmo com essa ideologia que predominou por tanto tempo, como conseguimos nos inserir na sociedade e, aos poucos, nos igualar aos homens?

Bom, durante o século XVII foi fundado o movimento feminista, mas as mudanças reais só vieram mesmo durante a I e a II Guerras Mundiais quando muitos homens de família se alistaram no exército e suas mulheres passaram a assumir, aos poucos, a posição dos homens tanto no mercado de trabalho quanto em casa. Após essa mudança de certa forma “forçada”, as mulheres não só tomaram gosto pelo trabalho, mas também se sentiram um pouquinho mais livres, né? Afinal de contas, a presença do homem como provedor não era algo imutável ou inerente à sociedade, certo?!

Certíssimo! Hoje, nós, mulheres, já representamos mais de 40% dos trabalhadores brasileiros, mas ainda temos muito que crescer no mercado profissional, pois ocupamos somente 24% dos cargos de gerência. Mesmo assim, pesquisas atuais mostram que as mulheres tendem a conquistar cargos de direção mais cedo do que os homens, pois geralmente aos 36 anos já conseguimos assumir a direção de uma empresa, enquanto os homens conquistam esse cargo aos 40 anos.

Agora, a nossa principal missão como mulheres modernas é atingir ainda mais conquistas na nossa vida profissional, sempre valorizando e destacando as nossas qualidades, mas com humildade e reconhecendo o trabalho alheio; além de prezar pela família, pelos amigos e pela independência de conseguir as coisas através do trabalho próprio e honesto. Quem disse que ser diva bem-sucedida era fácil?

Marina Rosa Severian

Twitter: @mariseverian

E-mail: mari.severian@gmail.com

Helen Rauen

Relações Públicas, bancária e auto-maquiadora nas horas vagas. Perfeccionista, consumista, chef de sua própria cozinha e com uma pitada de artesanato na veia.

Confira todos os artigos de AUTOR
Seja o primeiro a comentar em Mercado de Trabalho Feminino: Dicas
Deixe seu comentário:





Procurando algo?

Assine nossa newsletter

Instagram