Casei e mudei – Escolhendo o vestido

Por 10 / 09 / 2011

Bom, aí que dos altos dos meus um ano de casamento, completados anteontem, resolvi fazer uma surpresa pro marido e colocar o vestido de noiva quando ele saia do banho. Passado o susto inicial de ver uma mulher de branco na cama à meia noite, rimos muito e nos lembramos do casamento, e etc.

Aí resolvi compartilhar a história do meu vestido com vocês, queridas Divas! Antes mesmo de eu pensar em casar, (lá pelos 6 meses de vida…) eu queria porque queria usar o vestido de casamento da minha avó materna! Eu via as fotos do casamento dela e babava: Um vestido a là Grace Kelly, só que de seda! Eu sonhava em homenagear minha vó e meu avô usando esse mesmo vestido no meu dia especial. Aí minha avó morreu. Aí que eu decidi casar de verdade e mais do que nunca a ideia de homenageá-la com o vestido me parecia mais viva do que nunca. Sò que eu não contava com um detalhe: a ação do tempo! 50 anos depois, tecido nenhum aguentaria! E o vestido glamuroso da minha vó mais parecia um vestido das noivas da noite do terror do playcenter!

Aí eu, como todas as outras  milhões de noivas, decidi ir à Rua São Caetano no centro de SP, conhecida por ser a rua das noivas! Fui super bem atendida, tomamos champagne (arrastei vó, prima e mãe para esse dia), comemos canapés e eu me sentia a princesa do dia! Até a hora do valor chegar: o vestido que eu havia “escolhido” custava 2 mil reais o segundo aluguel. Legal, eu ia pagar 2 mil reais para usar um vestido por 4 hs e de brinde vinha o suor de mais outra pessoa. No thanks!

Aí resolvi procurar alternativas na internet, essa nossa amiga querida do mundo moderno! e achei a solução em um clique: Um site americano considerado pela US Weekly como o “melhor site de venda de vestidos de noiva online”. Como ansim? Aí eu esclareço para quem não sabe: os americanos são honestos. E adoram comprar coisas pela internet! Aí uni o útil ao agradável e resolvi entrar em contato com a atendente online. Expliquei para ela que era brasileira e talz. Ela me explicou que diferentemente dos outros sites, esse era um site confiável, pois eles comercializavam apenas os vestidos confeccionados por eles mesmos. Pesquisei o modelo e achei o vestidomaislindodomundo, por apenas 299 dólares! Pronto, vestido escolhido, medidas tiradas, vestido comprado!! Combinei com uma amiga que mora na Pensilvânia e o vestido foi entregue na casa dela, visto que em dezembro ela viria para SP. Na hora que chegou, ela abriu o pacote e confirmou o que eu suspeitava: o vestido era PERFEITO! Lindo, como o da foto! e neste momento, meus 299 dólares pareciam mais bem gastos do que nunca!

Só que alegria de pobre dura pouco, né? E minha amiga teve um contratempo e não poderia vir à SP em dezembro. e nem em janeiro. e não mais em 2010!!!!! e nesse meio tempo, meu vestido estava lá, sentadinho na caixa dele, em plena Filadelfia!!!! O que fazer? Se eu mandasse ele vir para SP, provavelmente pagaria as taxas de importação! Só que como para noivas, todos os santos dizem amém, eu acabei indo para os EUA e minha amiga me mandou o vestido pela Fedex.

Masssss, como casamento nenhum sem emoção é casamento, onde estava minha mala com o vestido quando voltamos para o Brasil? Sim, ela ficou retida pela imigração americana e só chegou no dia seguinte! Nem preciso dizer que quase surtei, babei, infartei, tive uma síncope. MAs o vestido chegou são e salvo e com um bilhete da polícia de imigração americana, dizendo que aleatoriamente minha mala havia sido selecionada. Claro. Minha mala.

Chegando em casa, experimentei o vestido de novo e vi que ele de fato estava um pouco mais largo, mas estava de propósito, uma vez que eu comprei um tamanho maior!

Mas o resultado da experiência? Positivissimo!!! Eu recomento a todas as noivas que podem comprar coisas pela internet e entrem no Romantic Gowns e pesquisem o vestido! Ele vem como da foto e não pagamos esse absurdo que cobram aqui no Brasil!

Olha a cara de alegre da pessoa, experimentando o vestido no hotel!

Bjos com cheiro de bem-casados!

Carol

Se quiser ler mais aventuras do casamento: http://casoriocountdown.blogspot.com

Seja o primeiro a comentar em Casei e mudei – Escolhendo o vestido
Deixe seu comentário:





Procurando algo?

Assine nossa newsletter

Instagram