Casei e mudei – Pagando com a língua

Por 15 / 10 / 2011

aí, você mulher moderna, chique, que arrasa em casa! Trabalha, vai pra academia, chega em casa, faz jantar, lava louça e quiçá a casa (sim, eu faço tudo isso).

Aí, enquanto você não casava, proferia sábias frases tais como:

-“O que? Lavar louça toda noite? Pra que? A gente lava de manhã” – Tá bom que sua consciência de dona de casa vai te deixar ir dormir com a louça suja procriando na pia.

-“Pra que passar pano de prato/lençol/fronha/toalha? eu JAMAIS vou fazer isso”. É, jamais vc vai fazer isso, até o dia que você descobrir que essas coisas passadas ficam phophas na gaveta.

-“O que? Que frescura guardar resto de comida em pote. Taca a panela na geladeira”. Ahãm, até você se ligar às suas panelas como se elas fossem filhos.

-“Toda noite vou fazer um jantar diferente”. aí vc descobre que trabalhar, ir pra academia e limpar a casa à noite te deixa podre para fazer jantar e às vezes hot dog é um quitute inigualável.

-“Não quero animal agora em casa!. Isso, até você descobrir que só os pêlos do marido não bastam na hora de cafuné! E por isso, você adota uma gata!

 

Carol

 

Se quiser saber mais aventuras/desventuras desta colunista entre em http://casoriocountdown.blogspot.com

Seja o primeiro a comentar em Casei e mudei – Pagando com a língua
Deixe seu comentário:





Procurando algo?

Assine nossa newsletter

Instagram