Eu amo meu jeans

Por 10 / 10 / 2011

Há mais de 150 anos, o alemão Claude Levi-Strauss não poderia imaginar que a sua invenção de uma calça feita com lona de barraca (uma espécie de brim), destinada a mineradores que trabalhavam no auge da corrida do ouro no oeste americano, fosse virar, anos depois, a peça mais democrática da moda!

Somos o segundo mercado consumidor de jeans no mundo! Haja fome por jeans, pois são mais de 100 milhões de peças que vendemos a cada ano. E tenho certeza que você, que está lendo este texto, tem pelo menos três peças deste queridinho no armário, certo?

As variações são diversas, e quem gosta do assunto pira imaginando as mil possibilidades de usar o seu e de achar novidades. Agora, como qualquer outra calça, o jeans também tem suas regras. Portanto, como usá-lo em determinadas ocasiões e adaptá-lo para o tipo de corpo?!

Preferência Nacional: Detalhe importantíssimo para as meninas frenética do jeans! O BUMBUM! Sim, muitas mulheres compram apenas calças jeans que vistam seu bumbum perfeitamente. Mas, e se ele for grande demais? Prefira calças retas, cintura um pouquinho baixa e lavagens mais escuras. E importantíssimo: os bolsos traseiros devem ser discretos! Agora, se você não foi agraciada por formas avantajadas e quer dar um UP traseiro, opte por cintura no lugar ou um pouco mais baixa e tecido mais grosso e bolsos traseiros altos e com volume.

 

E o jeans vai trabalhar: Por mais democrático que ele possa ser, o jeans para trabalho, por exemplo, não pode ser aquele com rasgos, justo ou com cintura muito baixa, ainda mais sendo usado com top mais curto. Guarde isso para as noites e momentos informais. Para o batente, opte pelo jeans mais reto, clássico, com cor mais escura e sem muitos detalhes.

Claro e escuro: Lembre-se: o jogo do esconde-mostra, claro e escuro sempre vai funcionar! Coxa grossa vá de jeans escuro! A mesma lógica para o oposto!

Na festa? A mesma lógica funciona para festas. Se a festa super à vontade e informal, OK, sem problemas. Caso contrário, resista! Você terá outras oportunidades para exibi-lo.

Sobe e desce: Para quem é alta, todos os modelos de jeans são bem-vindos! Até é mais fácil encontrá-los! Já, para quem é baixa bote na cabeça que a idéia é alongar. Ou seja, nada de cintura muito alta, pernas retas ou levemente abertas, lavagens uniformes para ficar mais monocromático e fuja de barras viradas.

Viva a liberdade! Se depois disso tudo, você ainda fica querendo estar na moda com o último modelo de jeans, saiba que é ótima estar por dentro das tendências, como as calças com boca de sino anos 1970. Mas procure por modelos que fiquem bem em você e, claro, que você se sinta à vontade!

 Por: Deborah Araujo

Helen Rauen

Relações Públicas, bancária e auto-maquiadora nas horas vagas. Perfeccionista, consumista, chef de sua própria cozinha e com uma pitada de artesanato na veia.

Confira todos os artigos de AUTOR
Seja o primeiro a comentar em Eu amo meu jeans
Deixe seu comentário:





Procurando algo?

Assine nossa newsletter

Instagram