Eu odeio estrias, mas elas fazem parte de mim

Por 08 / 08 / 2011

Nenhuma mulher vive em harmonia com elas, são indiscretas e aparecem quando menos se espera. Pequenas, grandes, muitas ou poucas elas incomodam. Mas sempre estão ali, seja nos seios, nas nádegas ou nas coxas. Não escolhem um tipo físico, nem cor, também não leva em consideração a idade.  O certo mesmo é que as estrias são companheiras indesejáveis de toda mulher que teve a infeliz sorte de um dia tê-las como companheiras.  Resultado da falta de colágeno e da perda de elasticidade da pele, também fruto do famoso efeito sanfona, engorda emagrece, elas são irreversíveis.

Cuidados com as estrias

cuidado com as estrias

Nossa relação se torna tensa com essas famosas cicatrizes que nos lembra umas listras em nosso corpo, a cada dia que olhamos para elas sem poder eliminá-las de nossas vidas, ou melhor, de nosso corpo. O fato de não existir nenhum tratamento que acabe com elas de modo definitivo, nos deixam frustradas, e ficamos sonhando com o dia que acordaremos com o anúncio de um produto inovador, e assim em um piscar olhos, as destruam.

O mal pode estar longe de ter um fim, mas deixaremos um pouco de lado o drama e focaremos naquilo que está ao nosso alcance, tratamentos cosméticos que podem melhorar o aspecto da pele e minimizar a aparência das marcas.

Para começar, tomar bastante líquido, hidratar a pele com cremes e usar óleos, especialmente os que contêm colágeno ajudam a evitar o surgimento de estrias, e para aquelas que  já as possuem, esses cuidados  farão que a pele do corpo, como um todo, se torne mais bonita e conseqüentemente elas, as estrias não serão mais o centro de sua atenção.

Tratamentos para estrias

Além disso, existem outros tratamentos para estrias em clínicas de estéticas que  garantem resultados mais expressivos,  entre eles  estão:  O uso de   laser, peelings, dermoabrasão, intradermoterapia, tratamento com ácidos, entre outros.  Mas, embora façamos tudo isso para alcançarmos uma sonhada paz com tais marcas, nada tem o poder de nos deixar  com baixa estima, quando a decisão é nossa, a  de ser feliz. Afinal, se você não pode eliminá-las, conviva, ou quem sabe,  aceite as. Falamos sobre preços de tratamentos para estrias nesse artigo, aproveite para se informar.

Helen Rauen

Relações Públicas, bancária e auto-maquiadora nas horas vagas. Perfeccionista, consumista, chef de sua própria cozinha e com uma pitada de artesanato na veia.

Confira todos os artigos de AUTOR
Seja o primeiro a comentar em Eu odeio estrias, mas elas fazem parte de mim
Deixe seu comentário:





Procurando algo?

Assine nossa newsletter

Instagram