Cuidados com a pele na gravidez

Por 03 / 08 / 2011

A fase da gravidez pode ser considerada um dos momentos de maior transformação no corpo feminino, não é mesmo? Entre os órgãos que sofrem mudanças vale lembrar da pele,  que se modifica devido as alterações hormonais e fatores externos. Segundo um estudo realizado pela USP (Universidade de São Paulo) as mudanças pigmentares afetam até 90% das gestantes, sendo mais comuns em mulheres negras. O escurecimento é ainda mais intenso em locais pigmentados como aréolas mamárias, axilas, face interna da coxa, genitália e períneo. No entanto, as manchas fisiológicas que aparecerem nos mamilos e abdome tendem a desaparecer após o parto.

Você sabia que: Mais da metade das gestantes adquirem estrias e manchas durante a gestação mas esses incômodos  podem ser amenizados com pequenas atitudes diariamente?

cuidados com a pele na gravidez

Cuidados com a pele na gravidez

Os especialistas indicam que as mulheres sofrem muito com a pele na gravidez, por isso, vamos falar detalhadamente sobre cada um desses fatores.

O sol é um dos principais desencadeadores externos dessas transformações. Por essa razão, o protetor solar adequado é o melhor amigo da gestante, sendo o sol o vilão dessa dupla e deve ser evitado.

Outra característica que algumas mamães ganham – e só elas tem – é a chamada ‘linha nigra’. Segundo o dermatologista Ricardo Sousa, por volta do terceiro mês, surge uma linha de cor marrom escura, que vai da região do umbigo até o baixo abdome. Mas o dermatologista acalma as grávidas que estão preocupadas com essa característica: “fiquem tranquilas, pois esse traço pigmentado desaparecerá após a gravidez”.

Fora as manchas e ‘linhas nigras’, as estrias também surgem para algumas gestantes mais propensas, ocasionado pela distensão do tecido conjuntivo, alterações hormonais ou dos muitos quilinhos a mais que a mamãe adquirir. 70 a 90% das grávidas tem predisposição a terem estrias, especialmente a partir do sexto e sétimo mês de gestação, segundo o Dermato (Instituto Franco Brasileiro de Dermatologia & Estética).

De acordo com o Instituto, as estrias surgem com mais facilidade em mulheres brancas, ao contrário do que acontece com as asiáticas e afroamericanas. As áreas mais afetadas são abdome (principalmente barriga), seios e braços, podendo amenizar ao final da gravidez.  Sousa afirma que “os cuidados com relação à hidratação da pele são fundamentais nessa etapa (de gestação), pois é a partir do terceiro trimestre que as estrias tendem a aparecer”. Beber água auxilia na hidratação e cremes manipulados poderão ser receitados por um dermatologista e aplicados principalmente nas mamas, abdome, coxas e glúteos.

Além da pele, os cabelos também carecem de cuidado redobrado. Para Sousa, o ideal é evitar tratamentos envolvendo químicos como relaxamentos, tingimentos, alisamentos com produtos químicos, escovas progressivas e definitivas. No lugar de tintura pode-se utilizar tonalizantes sem amônia. Tudo para manter linda a pele da mamãe e em equilíbrio a saúde do neném.

Por Mayara Locatelli

Helen Rauen

Relações Públicas, bancária e auto-maquiadora nas horas vagas. Perfeccionista, consumista, chef de sua própria cozinha e com uma pitada de artesanato na veia.

Confira todos os artigos de AUTOR
Seja o primeiro a comentar em Cuidados com a pele na gravidez
Deixe seu comentário:





Procurando algo?

Assine nossa newsletter

Instagram