Como fazer reeducação alimentar: Dicas

Por 29 / 07 / 2011

Não tem jeito. Toda mulher queria ter o corpo perfeito, sem gordurinhas. E quando pensamos em boa forma e um contorno corporal sem pneuzinhos, antes de qualquer coisa surge na cabeça uma palavra: dieta. Mas como resistir aos doces, às massas e tantas coisas tentadoras e carregadas de calorias?

Como fazer reeducação alimentar

Como fazer reeducação alimentar

Faça um prato colorido.

Na verdade o problema não é o que se come, mas como se come. Não é preciso que você brigue com o chocolate e o exclua de sua alimentação para conseguir um corpo mais esbelto. Quem busca emagrecer de verdade e com saúde deve buscar a reeducação alimentar, do contrário será eternamente refém do popular efeito sanfona.

Frutas são essenciais para quem quer perder peso.

Para acabar de vez com a briga entre você e a balança, é importante conhecer seu organismo e descobrir suas necessidades metabólicas. Muitas dietas não dão certo, pois cada corpo requer uma quantidade diferenciada de nutrientes para que o metabolismo funcione corretamente. Não tem jeito: se o metabolismo não funciona como deveria, a demora para queimar calorias e o ganho de um peso extra acabam sendo inevitável.

Insira na sua alimentação legumes, frutas e verduras.

Restringir alimentos durante um período ou ficar muito tempo em jejum também não é benéfico. As restrições agem por um tempo, mas depois seu corpo se habitua e logo que você volta à sua alimentação cotidiana, recupera o peso perdido. Além disso, períodos de jejum favorecem o surgimento de compulsões alimentares, ou seja, você fica um tempo sem comer e depois quer comerem dobro. Oseu organismo quando em jejum reserva as calorias ao invés de gasta-las para suprir as necessidades básicas de seu corpo. Com a compulsão, você ingere muito mais calorias do que se tivesse se alimentado normalmente e ainda soma as calorias que não foram gastas devido o jejum.

A reeducação alimentar nada mais é do que aprender quais alimentos saciam a sua fome. Você aprende quais substâncias suprem suas carências nutricionais, equilibram o funcionamento de todo o corpo além de render pratos saborosos. Prefira alimentos integrais, frutas, verduras e legumes, além de optar por carnes nas versões grelhadas ou assadas. Às vezes existe uma apatia com esses alimentos, mas existem diversas formas de se preparar essas refeições, adequando ao seu gosto e substituindo pratos calóricos.

Procure um nutricionista

Apesar de sempre queremos resolver os problemas com a balança sozinha, é de extrema importância um acompanhamento nutricional especializado, ainda que no começo da reeducação. O profissional irá fazer uma série de exames para ajudá-la a compreender melhor as necessidades de seu metabolismo, além de lhe indicar um cardápio fácil e prático para o dia a dia, afastando de vez o efeito sanfona.

E para quem não consegue viver longe das guloseimas, quando se reeduca o paladar, elas não precisam ser cortadas da alimentação. Seguindo um cardápio mais selecionado e apropriado para seu corpo, o emagrecimento ocorre de modo natural, gradual e saudável, permitindo que você ataque um doce de vez em quando sem voltar a engordar.

Exercícios Físicos ajudam a emagrecer

Vale lembrar que a prática de exercícios físicos também é fundamental para a perda de peso, além de ser muito benéfico para a saúde. Não é preciso começar se acabando na academia e abusar da capacidade de seu corpo. Comece com caminhadas leves e depois intensifique, de acordo com seu ritmo. Com uma alimentação mais equilibrada, o corpo ganha em energia e assim você consegue ter mais pique para praticar atividades físicas. Se faltar coragem para encarar um treino, mude pequenos hábitos na rotina, como fugir dos elevadores e subir de escada.

A busca por um corpo melhor não é simples nem fácil e requer sim muita força de vontade, mas aos poucos, é possível chegar lá sem sofrer toda vez que passa perto de uma balança.

Helen Rauen

Relações Públicas, bancária e auto-maquiadora nas horas vagas. Perfeccionista, consumista, chef de sua própria cozinha e com uma pitada de artesanato na veia.

Confira todos os artigos de AUTOR
Seja o primeiro a comentar em Como fazer reeducação alimentar: Dicas
Deixe seu comentário:





Procurando algo?

Assine nossa newsletter

Instagram