Tipos de saias: quais combinam mais com meu corpo?

Por 28 / 07 / 2011

Existem tantos tipos de saia por aí que fica difícil de acompanhar, não é? Tulipa, lápis, plissada… Mas como escolher qual valoriza mais o seu corpo, e qual combina com cada situação? Conhecer os diversos tipos de saia pode te ajudar a escolher melhor suas roupas na próxima compra, e, principalmente, na hora de se vestir! Vamos lá?

Tipos de saias

Abaixo você encontra todos os tipos de saias para verificar qual se adapta mais com seus gostos e com seu perfil, aproveite as dicas para ver quais as melhores opções para cada ocasião.

Saia reta


tipos de saias

A saia reta é mais básica, tendo, portanto, um toque clássico. Ela acompanha o desenho natural do corpo. Geralmente, é ligeiramente comprida, passando do joelho. Passa um ar mais formal, mas é preciso ter cuidado para que ela não seja justa demais, marcando quadril e coxas!

Outra dica: não é o modelo mais indicado para as mulheres que têm quadris muito grandes, ou para as que usam números maiores.

Saia lápis

Modelo de saia que realça o quadril.

É similar à saia reta, mas é levemente mais delgada na parte de baixo – ou seja, ela é ainda mais colada, sendo mais larga na região dos quadris para acomodar essa região, e afunilando conforme desce em direção ao joelho. Tem um ar mais sexy e moderno que a saia reta.

Saia evasê (ou Saia A)

Essa é pra quem gosta de disfarçar o quadril.

A saia evasê pode ser considerada o oposto da saia lápis: ela começa mais estreita na região do quadril, e fica mais ampla conforme desce. Por isso, de longe, a saia parece uma letra “A”. Esse é o modelo ideal para aquelas que buscam disfarçar os quadris largos.

Saia godê


Essa saia tem uma história interessante: durante as Guerras Mundiais, as mulheres precisaram assumir postos de trabalho tradicionalmente masculinos, e acreditava-se que elas tinham ficado “embrutecidas”. Então, o lendário estilista Christian Dior criou esse modelo de saia, para despertar sua feminilidade.

Basicamente, é uma saia rodada, bem marcada na cintura e com bastante volume no comprimento. Resultado? Muita delicadeza e feminilidade. O problema? Acentua o volume na região dos quadris… Então, é mais indicada para as bens magrinhas, ou as que realmente querem aumentar o volume nessa região.

Saia balonê

A saia balône dá destaque aos quadris.

Criada pelo estilista basco Cristóbal Balenciaga, basicamente é uma saia godê que é presa na extremidade, criando um “balão” (daí o balonê, que é “balão” em francês). E, assim como a godê, acrescenta aquele volume extra aos quadris… então cuidado e moderação na hora de usar!

Saia envelope

Já é um modelo que não é mais tão utilizado.

É uma saia transpassada, com sobreposição. É composta de três partes iguais, sendo que uma fica atrás, e as outras duas se sobrepõem na frente.

É preciso cuidado na hora de comprar o modelo, porque o tecido extra pode somar volume tanto nos quadris quanto na própria barriga!

Saia Tulipa

Saia que chama a atenção para o bumbum.

É uma saia que apresenta pregas próximas ao cós, e afunila-se mais embaixo, perto dos joelhos. Evidentemente, chama a atenção para a região dos quadris. Se você tiver os quadris mais largos, mas, ainda assim, quiser se arriscar com a saia tulipa, escolha cores mais escuras!

Saia plissada ou de pregas

Modelo de saia mais colegial, não é tão utilizada nos dias de hoje.

Como o próprio nome já denuncia, é uma saia que usa e abusa das pregas. Ao usar esse modelo, dois cuidados devem ser tomados: não cair em um visual “colegial”, e a quantidade de pregas e tecido, que pode engordar!

E então queridas, o que acharam dessas dicas? Tem mais sugestões? Deixe seu comentário e participe conosco!

Comments are closed.
Procurando algo?

Assine nossa newsletter

Instagram